quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Projeto de denominação tramita por 17 anos até aprovação em primeira votação.

O Projeto de Lei 05/2000 de 21/12/1999, do vereador Gilson Barreto - PSDB, levou nada menos do que 17 anos tramitando na Câmara Municipal, seria deselegante falar que esteve engavetado, até a sua aprovação em primeira votação no dia 22/02/2017.

Será que esta denominação ainda tem alguma relevância aos moradores da região, será que vale a pena gastar nosso rico dinheirinho para aprovar projetos como este? Só na sessão em questão foram votados vários projetos na mesma situação, não com tanto tempo mas já bem idosos.

Muitos dirão que é uma função importante do vereador, as ditas nomeações de ruas, pontes, viadutos, passarelas, praças e etc... Que isso transforma os moradores da região em cidadãos, com endereço para receber suas correspondências, suas entregas de mercadorias, enfim, ter um endereço é muito importante e eu concordo.

Há quem diga que existem vereadores com equipes especializadas em procurar espaços inominados pela cidade, transformam isto numa atividade principal em seus gabinetes. 

Particularmente, acredito que esta não deveria ser função de vereador, acaba virando uma maneira de manter seus currais eleitorais trocando favores com seus eleitores, simplesmente ao denominar uma rua ou praça, dando lhe o endereço merecido. Deveria existir, se é que não existe, algum departamento nas Prefeituras Regionais, o nome chique que deram as antigas SubPrefeituras na atual legislatura, para tratar do assunto sem a necessidade de apresentação de um projeto de lei para isto.

Este é só um exemplo do dinheiro e tempo que é desperdiçado na Câmara Municipal com inutilidades.



A justificativa do Projeto de Lei você acessa clicando aqui!


Carros alugados pela Câmara não sumirão mais?

Projeto de Resolução 17/2017, aprovado na sessão de quarta-feira (22), depois que um estagiário de 17 anos sumiu com três carros da Câmara -leia a matéria na Folha de S.Paulo-.

Note que na justificativa do projeto, cópia abaixo, a Mesa Diretora cita a insuficiência de motoristas contratados na Casa, como se não fosse obrigação de cada um dirigir somente habilitado.


Como diria aquela simpática personagem interpretada pela atriz Arlete Salles, no programa global Sai de Baixo: "Prefiro não comentar".

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Remuneração dos servidores e comissionados referente a Janeiro/2017

Gabinete da vereadora Adriana Ramalho (PSDB)

01º GABINETE DE VEREADOR
NomeCargoFunçãoRemuneração líquida do mês de 1/2017
ADRIANA ALVES RAMALHO SANTANAVEREADORAVEREADOR
R$ 11.378,40
ANA CLAUDIA CARLETTOCHEFE DE GABINETECHEFE DE GABINETE
R$ 9.335,23
FLAVIO CAPELLOCHEFE DE GABINETECHEFE DE GABINETE
após desc. Previd./I.R. =R$ 0,00
após desc. judic. ou autorizados p/ servidor =-R$ 80,00
ALESSANDRO DE SANTANA CORREIAASSISTENTE PARLAMENTAR
R$ 4.704,41
ALEXSANDRO FERREIRA AUGUSTOASSISTENTE PARLAMENTAR
após desc. Previd./I.R. =R$ 0,00
após desc. judic. ou autorizados p/ servidor =-R$ 80,00
BIA MURANO DEL PICCHIAASSISTENTE PARLAMENTAR
após desc. Previd./I.R. =R$ 0,00
após desc. judic. ou autorizados p/ servidor =-R$ 80,00
CHIARA PAZ MOREIRA RODRIGUESASSISTENTE PARLAMENTAR
após desc. Previd./I.R. =R$ 0,00
após desc. judic. ou autorizados p/ servidor =-R$ 80,00
CLAUDINEI IGNOCENCIO DE OLIVEIRAASSISTENTE PARLAMENTAR
R$ 8.654,21
DANILO AUGUSTO DA SILVAASSISTENTE PARLAMENTAR
R$ 4.189,37
FABIA RENATA SOUZA DE OLIVEIRAASSISTENTE PARLAMENTAR
R$ 8.497,80
FABIO BATISTA DA SILVAASSISTENTE PARLAMENTAR
após desc. Previd./I.R. =R$ 0,00
após desc. judic. ou autorizados p/ servidor =-R$ 80,00
GIOVANI PIAZZI SENOASSISTENTE PARLAMENTAR
após desc. Previd./I.R. =R$ 7.477,92
após desc. judic. ou autorizados p/ servidor =R$ 7.211,58
GLAUCIO LIMA FRANCAASSISTENTE PARLAMENTAR
após desc. Previd./I.R. =R$ 0,00
após desc. judic. ou autorizados p/ servidor =-R$ 80,00
HERON DOMINGOS MATURANA JUNIORASSISTENTE PARLAMENTAR
R$ 3.867,48
ISABEL CRISTINA LIMA DE MOURAASSISTENTE PARLAMENTAR
após desc. Previd./I.R. =R$ 5.388,41
após desc. judic. ou autorizados p/ servidor =R$ 5.122,07
LUIZ CARLOS DA SILVAASSISTENTE PARLAMENTAR
R$ 4.704,41
MARCELO PEREIRA DAURAASSISTENTE PARLAMENTAR
após desc. Previd./I.R. =R$ 0,00
após desc. judic. ou autorizados p/ servidor =-R$ 80,00
MARDEN IVAN DE CARVALHO NEGRAOASSISTENTE PARLAMENTAR
após desc. Previd./I.R. =R$ 0,00
após desc. judic. ou autorizados p/ servidor =-R$ 80,00
MARILEUSA PEREIRA RIBEIROASSISTENTE PARLAMENTAR
após desc. Previd./I.R. =R$ 0,00
após desc. judic. ou autorizados p/ servidor =-R$ 103,68
MAYARA MATHIAS DA SILVAASSISTENTE PARLAMENTAR
R$ 2.392,22
REGIANE CONCEICAO SANT ANNAASSISTENTE PARLAMENTAR
após desc. Previd./I.R. =R$ 3.783,94
após desc. judic. ou autorizados p/ servidor =R$ 3.517,60
ROSELENY NOVAES RESENDE RANGELASSISTENTE PARLAMENTAR
após desc. Previd./I.R. =R$ 0,00
após desc. judic. ou autorizados p/ servidor =-R$ 80,00
SANDRA ANDREONI DE OLIVEIRA RIBEIROASSISTENTE PARLAMENTAR
R$ 3.867,48
SEBASTIAO PETRONILIO GONCALVESASSISTENTE PARLAMENTAR
após desc. Previd./I.R. =R$ 3.783,94
após desc. judic. ou autorizados p/ servidor =R$ 3.517,60
SONIA FERREIRA LOUREIROASSISTENTE PARLAMENTAR
após desc. Previd./I.R. =R$ 3.622,82
após desc. judic. ou autorizados p/ servidor =R$ 3.356,48
SUELI RAMOS DE LIRAASSISTENTE PARLAMENTAR
R$ 11.455,54
TIAGO PIERRE LIMA DOS SANTOSASSISTENTE PARLAMENTAR
após desc. Previd./I.R. =R$ 0,00
após desc. judic. ou autorizados p/ servidor =-R$ 80,00
VALDO XAVIER BARROSASSISTENTE PARLAMENTAR
R$ 3.014,82
WAGNER BADDINI TRONOLONEASSISTENTE PARLAMENTAR
R$ 11.466,03

Ao clicar no valor liquido (em vermelho) você é redirecionado aos detalhes da remuneração


terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Bate-boca entre Juliana Cardoso e Holiday continua


Continua a troca de acusações entre a vereadora Juliana Cardoso (PT) e Fernando Holiday (DEM), sobre a tentativa de agressão ocorrida na sexta-feira, na reunião de liderança do PT.

Uma atitude inaceitável por parte de dois parlamentares que sequer merece consideração, uma vez que na minha humilde opinião, o impeachment da ex-presidente Dilma já foi concluído e o movimento ao qual Holiday representa deveria estar protestando no Senado Federal, contra tudo o que se tem visto nos últimos dias por lá, na tentativa de abafar a lava jato está recheado de citados nas principais comissões e mesa diretora. Para isso seria necessário tratar-se de um movimento apartidário.

Fosse a Corregedoria da Casa um foro sério já teria tomado a providencia cabível. Aliás, o corregedor é o vereador Souza Santos (PRB) e ainda não está com sua formação completa, pelo menos é o que consta no portal da CMSP.

sábado, 11 de fevereiro de 2017

"Cavalo de troia" de Doria é aprovado em primeira votação na Câmara


A Sessão Extraordinária convocada para a apreciação do Projeto de Lei 56/2005 foi encerrada por volta das 21,30 horas de ontem (10/02). Estavam convocadas cinco sessões para a sexta-feira e outras cinco para o  primeiro minuto de sábado, canceladas após a aprovação do projeto em primeira votação.

O projeto aprovado será totalmente descaracterizado por um substitutivo que ainda será enviado pela equipe de Doria. A urgência na aprovação de um projeto contra pichações desenterrou um projeto com pelo menos 11 anos tramitando na casa, apenas para servir de "cavalo de troia" aos interesses do prefeito. O interessante nisso tudo é que trata-se de um projeto do polêmico vereador Adilson Amadeu (PTB), que aceitou passivamente o uso de seu PL. Já vi o vereador espernear por muito menos em plenário.

Ao encerrar a sessão, o presidente agradeceu aos vereadores presentes comprometendo-se em pautar projetos de denominações, homenagens e outros cacarecos de vereadores para a sessão de terça-feira. Entendi como pagamento aos serviços prestados no dia de ontem.

O fato é que a Casa do povo continua servindo apenas aos interesses da prefeitura, como citei no post anterior, a Câmara infelizmente não passa de um puxadinho do executivo.

Após aprovação em primeira votação, o projeto vai passar por uma audiência pública  na próxima terça-feira, 14, provavelmente o substitutivo entrará na pauta de votação no mesmo dia, dada a "urgência" da aprovação. 

Até parece que a saúde e a educação estão ótimas na cidade, o prefeito elegeu como prioridade combater as pichações que talvez na sua visão afete mais a saúde e a educação da população.

Quanto a suposta agressão de assessores do vereador Fernando Holiday (DEM) a vereadores petistas, denunciada pela vereadora Juliana Cardoso, prefiro aguardar as apurações. Já esperava algo parecido mas não em tão pouco tempo assim.   

Chega de emoções para esta semana... até a próxima!

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Eleições para presidentes das Comissões Permanentes indicam que a Câmara continua como um puxadinho da Prefeitura

Foram instaladas hoje, 10/02, as comissões permanentes da Câmara Municipal e as consequentes eleições de seus presidentes.

Como sempre quase tudo seguiu o script, não fosse o fato de o vereador Camilo Cristófaro (PSB) ter denunciado a tentativa de intromissão do secretário municipal Julio Semeghini na eleição da Comissão de Política Urbana pedindo apoio ao vereador tucano Fabio Riva.  O vereador Eduardo Suplicy (PT) indicou, conforme acordo, o nome de Fábio Riva e em seguida o nome do vereador Souza Santos (PRB) foi indicado pelo vereador David Soares (DEM). Após alguns momentos de discussão, sem acordo, foi realizada a votação com a vitória de Souza Santos por quatro votos contra três. Quebrava-se ali o acordo de lideranças pelo nome de Fabio Riva. Alguns protestos pela quebra de acordo, o vereador Milton Leite (DEM) como presidente do partido e agindo como um verdadeiro "coronel" pediu a palavra, destituiu David Soares da liderança do partido, excluiu da Comissão, assumiu o cargo e pediu desculpas ao PSDB e demais partidos pela quebra de acordo e a vergonha que David Soares lhe causara. A decisão de Milton Leite teve o apoio incondicional do vereador Dalton Silvano, pelo visto não haverá clima para a continuidade do vereador David Soares no DEM.

As demais eleições ocorreram conforme acordado pelos líderes, na comissão de trânsito e transportes, houve uma tentativa de indicação do vereador Adilson Amadeu (PTB) o que foi prontamente recusado pelo mesmo em nome do acordo de lideranças e Senival Moura (PT) foi eleito.

O vereador Camilo Cristófaro, ao que parece não tem papas na língua, pela segunda vez se manifesta em favor da independência da Câmara, sendo um vereador da base de apoio, merece um acompanhamento mais de perto em suas atividades parlamentares. Acredito e conhecendo um pouco a história da Casa, que esta preocupação acabará na página dois.

A impressão que ficou após os trabalhos de instalações das comissões é de que a Câmara Municipal continua fazendo o papel de puxadinho da prefeitura e comandada por coronéis.

Composições das comissões estão atualizadas no site do Adote Um Vereador SP, na aba "Vereadores(as)" para consulta.

Foram eleitos os seguintes presidentes:

Administração Pública: Toninho Paiva - PR

Constituição e Justiça: Mário Covas Neto - PSDB

Educação, Cultura e Esportes: Cláudio Fonseca - PPS

Finanças e Orçamento: Jair Tatto - PT

Política Urbana: Souza Santos - PRB

Saúde e Promoção Social: Rute Costa - PSD

Trânsito e Transportes: Senival Moura - PT


quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

Vereadora Adriana Ramalho - PSDB terá seu trabalho acompanhado pelo blog


Resolvi acompanhar os trabalhos da vereadora, motivado por seu primeiro discurso como líder de bancada e durante o pequeno expediente em 01/02/2017, na abertura do ano legislativo.

Acesse o perfil da vereadora clicando aqui.

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

Em virtude do falecimento da ex-primeira dama Marisa Letícia, não houve sessão na tarde de hoje.


Como já havia previsto, não houve sequer abertura dos trabalhos na Câmara Municipal, apenas a aparição do presidente, Milton Leite, para anunciar o cancelamento da Sessão Plenária. 

Câmara retomou os trabalhos na quarta-feira (01/02)

Imagem: Auditórios Online

Com o quórum de 20 vereadores, o presidente Milton Leite (DEM) iniciou os trabalhos na casa, logo foram suspensos para a recepção do prefeito João Doria e outras autoridades presentes a primeira sessão legislativa do ano.

Após breve discurso do prefeito, com o protagonismo do vereador Eduardo Suplicy (PT), o vereador mais votado na história de São Paulo, que forçou a barra para entregar uma carta ao prefeito e um livro de um grafiteiro levado por ele ao plenário, o prefeito bateu em retirada e em algum tempo depois deu-se inicio a primeira sessão plenária de 2017.

Muitos agradecimentos, cortesias e homenagens fizeram parte do pequeno expediente, logicamente que a troca de farpas entre petistas e tucanos também fizeram parte dos discursos.

Ainda é cedo para uma opinião mais aprofundada sobre o futuro deste ano legislativo, mas, ao que parece muito pouca coisa mudou por lá.

Tudo indica que teremos apenas o PT e talvez o PSOL na oposição, com um total de 13 vereadores, ao que parece o prefeito não encontrará problemas para aprovação de seus projetos. Será preciso que a população fique atenta aos fatos, a fim de evitar que projetos sejam aprovados a toque de caixa, como fazia o PT na gestão anterior, hoje eles terão a missão de evitar o expediente que usaram por quatro anos.

Vale lembrar que o PT está de beicinho porque o prefeito comparou uma muda de árvore -Pau-Brasil- ao ex-presidente petista em uma de suas aparições midiáticas dias destes e exige retratação. Penso que o prefeito deveria é pedir desculpas ao Pau-Brasil pela infeliz comparação, mas cada um age como entender melhor.

Alguns projetos já foram protocolados por vereadores e Mesa Diretora, você pode conferir a matéria publicada pelo Portal G1 e reproduzida no blog do Adote Um Vereador

Já escolhi a primeira vereadora a ser fiscalizada em seus gastos no mês de janeiro, em breve trarei notícias, espero contar com a colaboração dela e de sua assessoria com nosso trabalho.

Vida que segue, talvez hoje não haja sessão, devido ao falecimento da ex-primeira dama Marisa Letícia Lula da Silva, como é costume na casa legislativa.


Populares