segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

Dória deixa mais de 160 mil eleitores orfãos na Câmara Municipal

Ao formar seu secretariado, Dória deixou mais de 160 mil eleitores  na mão, votamos -digo votamos porque meu voto foi em um deles- em candidatos a vereadores(as) e elegemos secretários municipais em São Paulo.

Soninha (PPS), assumirá a Secretaria de Desenvolvimento Social.

Gilberto Natalini (PV), assumirá a Secretaria do Verde e Meio Ambiente.

Daniel Annemberg (PSDB), assumirá a nova Secretaria de Inovação e Tecnologia.

Eliseu Gabriel (PSB), voltará a Secretaria de Trabalho e Empreendedorismo.

Patrícia Bezerra (PSDB), ficará com a Secretaria de Direitos Humanos e Cidadania.

Não existe problema algum em vereadores(as) assumirem cargos no executivo, mas não acho justo com aqueles que os elegeram, promessas são feitas em época de campanha, batem em nossas portas oferecendo-nos a possibilidade de uma boa escolha. Confiamos neles e acabamos elegemos alguém que sequer conhecemos ou temos alguma afinidade, ao assumirem cargos no executivo seus suplentes, ou de suas coligações, assumem em seus lugares.

Na minha humilde opinião, se é para assumir cargo no executivo, não deveriam participar das eleições.
Alguém diria: E se o candidato dele não fosse eleito?
Eu responderia: Dane-se, cargo de vereador é eletivo e não uma profissão.

Muito se fala em renovação na Câmara Municipal e que devemos eleger mais mulheres, dos cinco vereadores(as) que assumirão secretárias, duas são mulheres, um novato e dois reeleitos.

Políticos só pensam no interesse da população na hora de pedir voto, depois de eleitos pensam apenas em seus interesses, ou de seus partidos, esquecem daqueles que os colocaram lá.

Fica a dica e vida que segue!

Populares